5 previsões e expectativas para a Black Friday 2015

expectativas-previsoes-black-friday-2015

Fonte: Giro News.

Em um ano tão apertado quanto 2015, ações como a Black Friday (27/09) caem como uma luva. Só basta saber se preparar para a ocasião.

Segundo Emílio Alfieri, economista da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), a data será uma chance de tentar reverter o mau momento do varejo brasileiro, que deve concluir o ano em queda de 5%. Em contrapartida, o Comércio Eletrônico tende a viver um movimento diferente, com crescimento de 15%, conforme projeções da e-bit no 32º Relatório Webshoppers.

Para Gerson Rolim, diretor de comunicação e consultor do Comitê de Varejo da camara-e.net, esse avanço será muito estimulado pela “Sexta-feira Negra”, que representa dois meses e meio do faturamento mensal do E-commerce.

Projeções para a grande sexta

pesquisa-black-friday

Um levantamento feito pelo site de comparação de preços Zoom, entrevistou 20 mil consumidores a fim de saber como o evento promocional será recebido e quais poderão ser seus resultados.

A seguir separamos alguns dados importantes:

1. Engajamento: A maior parte das pessoas (71%) pretende comprar na Black Friday se encontrar bons descontos. Outras 28% afirmaram não terem dúvidas de que comprarão e apenas 1% revelou não ter a intenção de aproveitar a data.

2. Intensão de gastos: 66% dos entrevistados disseram que irão avaliar se gastarão menos do que fizeram em 2014, dependendo dos descontos que encontrarem – uma postura que se deve à atual crise econômica do país. Já 30% deles pretendem efetivamente pisar no freio nas compras; e apenas 4% afirmam não terem a intenção de diminuir os gastos neste ano.

3. Valores: A estimativa de tíquete-médio continua a mesma do ano passado, pois 57% dos consumidores planejam gastar mais de R$ 1.000 e 27% pretendem desembolsar uma quantia entre R$ 500 e R$ 1.000.

4. Expectativa de satisfação: De acordo com a pesquisa, 40% dos consumidores estão confiantes de que acharão boas ofertas nessa Black Friday. Além disso, 49% acreditam que encontrarão melhores ofertas no evento do que nas liquidações fora de época promovidas pelo varejo no intuito de combater a crise. Outra perspectiva otimista é de que 64% das pessoas gostariam de antecipar suas compras de Natal.

5. Produtos preferidos: Os itens mais desejados para o 27 de novembro são os celulares/smartphones (57%), seguidos das TVs (43%), eletrodomésticos (33%), eletroportáteis (29%) e notebooks (27%).

E então, como estão os preparativos do seu negócio para a data? Planeje com cuidado e alavanque os resultados das vendas!

Fontes: InfoMoney, Monitor Mercantil, Paraíba Total, A Tribuna, Decision REPORT.

0
Categoria: Comércio Eletrônico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *