5 mitos sobre Blogs Corporativos

mitos-blog-corporativoMercúrio, o mensageiro dos deuses.

Embora alguns só enxerguem as Mídias Sociais como ferramentas digitais importantes para o Marketing Digital atual, os Blogs Corporativos seguem firmes em sua missão de enriquecer os conteúdos das marcas e de lhes conferir credibilidade no disputadíssimo ambiente digital.

Com recursos editoriais mais sofisticados, eles continuam provando que vieram para ficar e agregar valor a empresas que tanto buscam um lugar ao sol (ou seria “um lugar ao Google”?).

Entretanto, é necessário fitar esses veteranos da internet sem os preconceitos que agora os envolvem, assim como despir-se das promessas fáceis que só comprometem sua eficácia. Como esperado, chegou o momento de passar a limpo alguns mitos (persistentes) que rondam os Blogs Corporativos.

1. Os blogs estão morrendo

blog-corporativo-esta-mortoApocalípticos adoram decretar o fim das mídias sempre que novas opções surgem para entreter o mercado. No entanto, cada meio tem o seu espaço, sua linguagem e sua própria audiência.

Sim, os Blogs Corporativos continuam sendo ferramentas essenciais para posicionar os mais diversos negócios na internet, tanto para trabalhar a imagem da marca e se relacionar com o consumidor, quanto para garantir um bom posicionamento nos mecanismos de busca. E uma das grandes vantagens aqui são os baixos preços comparados às mídias tradicionais.

2. Qualquer conteúdo serve

Um Blog Corporativo implica necessariamente em um planejamento. Não tem como pular essa etapa, afinal a linguagem empregada, os assuntos abordados, o design, as categorias, as palavras-chaves e tudo o mais devem cooperar para ampliar a relevância da empresa na internet (e fora dela também!).

Os temas devem responder fielmente aos interesses do público-alvo, seguindo as diretrizes da Linha Editorial, que tem de apresentar políticas claras de redação e estilo – coerência é a palavra de ordem! Outro ponto fundamental é prezar pela produção de conteúdos originais em detrimento da replicação (copia – cola) de notícias ou informações de outros sites.

Ou seja, postar qualquer coisa só para manter o blog atualizado não vai torná-lo mais eficiente, pelo contrário, irá arranhar sua credibilidade. Precisa haver forte sinergia entre todos os esforços empreendidos.

3. Conhecimento técnico é dispensável

Muitas empresas acham que só porque muitas ferramentas hoje disponíveis na internet são fáceis de usar, qualquer pessoa pode assumir o controle de suas publicações. Esse tipo de pensamento é uma cilada, porque, na verdade, todas as mídias possuem sua linguagem própria, seja ela no âmbito tecnológico ou no que diz respeito ao Marketing.

Para que um Blog Corporativo tenha sucesso é necessário alimentá-lo com boas práticas que envolvem uma série de conhecimentos específicos que, definitivamente, não são do domínio de todos, tampouco podem ser adquiridos do dia para a noite. O simples fato de existirem profissionais focados nesse tipo de trabalho ilustra o quão imprescindível é o domínio de técnicas apuradas de SEO, Comunicação, redação, programação, Marketing Digital e outras especialidades, para tornar o blog de uma empresa um verdadeiro agente de resultados.

4. A única coisa que importa é aparecer no Google

É preciso tomar muito cuidado com a maneira como o Blog Corporativo é concebido. Quando a empresa o considera apenas como um instrumento de posicionamento em mecanismos de busca, ela corre o risco de desenvolver um conteúdo frio, cheio de palavras-chave, monótono, comercial e, basicamente, escrito para “robôs”.

Em primeiro lugar, as “clássicas” técnicas de SEO já não funcionam do mesmo jeito devido às constantes mudanças nos algoritmos do Google, que agora valorizam muito mais a qualidade (em sentido complexo) dos conteúdos postados. Em segundo lugar, é essencial entender que o meio é também um canal de relacionamento com o público, onde ele deve ser convidado a interagir e ampliar as discussões propostas. Os blogs são ainda oportunidades para criar credibilidade, referência, visibilidade, geração de leads e fidelização de clientes.

5. Os resultados vêm num estalar de dedos

Não, isso não é verdade. O grande lance dos blogs é a construção de relacionamento com o público e o fortalecimento da empresa como referência (on e offline) em seu mercado. Essas são questões que levam tempo e que, ainda mais além, devem ser trabalhadas de maneira constante, em longo prazo. Não se trata, portanto, de uma campanha com um fim previsto, mas sim de fomentar uma presença sempre relevante, sempre atual, sempre útil. Os resultados virão ao longo do caminho e serão maiores conforme a perenidade do trabalho de conteúdo da marca.

Prepare o seu projeto para superar expectativas e mostrar que, com seriedade, é possível escrever uma nova história de grande sucesso.

0
Categoria: Blog Corporativo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *