Como fazer o seu E-mail Marketing ser lido

como-email-marketing-ser-lido

Fonte: CareerHMO

Apetite, é preciso buscar abrir o apetite do destinatário! As imagens, o texto, as cores e o layout da peça como um todo precisam ser necessariamente atraentes, apetitosos.

O E-mail Marketing continua sendo uma ótima ferramenta para divulgar seu negócio e manter o relacionamento com o público. No entanto, a cada dia é preciso buscar aprimorar a estratégia, uma vez que a concorrência é grande e a paciência do usuário minguante.

Evidentemente, não basta ter sucesso no envio e recebimento do material. É preciso que ele seja lido! Mas como conseguir isso se todos os dias as pessoas recebem dezenas de e-mails e por isso pouca atenção dedicam aos conteúdos promocionais?

Essa é uma preocupação “perfeita” para este momento que antecede a maior data do varejo brasileiro: o Natal. Provavelmente sua empresa tem algo a divulgar e deseja que todos vejam…

8 dicas para aumentar a leitura do seu E-mail Marketing

dicas-email-marketing-ser-lido

1. Comece com uma linha de assunto irresistível: Muitas vezes dedica-se toda atenção ao layout e ao texto interno da peça, deixando a linha de assunto relegada a uma chamada qualquer. Esse, porém, é um grande erro, uma vez que ela é o primeiro contato que o destinatário terá com a sua mensagem. É preciso dedicar tempo no desenvolvimento desse elemento, sendo breve e objetivo, buscando destacar algum benefício e personalizando ao máximo o assunto para o público-alvo.

2. Trabalhe na base da relevância: Ofertas, chamadas e conteúdos personalizados (mais que segmentados!) são as bases para tornar seu E-mail Marketing atraente entre tantos outros apelos que chegam todos os dias para o seu consumidor potencial. Para conseguir elaborar uma mensagem que tenha tudo a ver com grupos de contatos com perfis específicos, porém, é necessário analisar seu comportamento, buscando informações além das métricas básicas, cruzando dados e testando conteúdos.

3. Seja objetivo: É preciso dizer o que é preciso em poucas palavras, sem perder a criatividade e sem deixar passar o efeito “surpresa”, caso ele seja importante para a ação. Essa é a regra geral. Para enviar e-mails com textos maiores ou mais densos deve-se ter o máximo de conhecimento sobre a disposição do público para esse tipo de abordagem.

4. Apresente algo inusitado: O consumidor abriu o seu e-mail (ótimo!) e o que ele viu ali imediatamente? Utilizar uma imagem incomum aliada um texto ousado, mas fazendo isso com bom gosto, pode ser uma solução eficaz para conquistar a leitura completa da peça. As pessoas estão se tornando cada vez mais especialistas em decidir o que interessa e não interessa a elas numa simples “batida de olho” no material. Por isso, é preciso fisgar sua atenção com agilidade.

5. Monte a peça em HTML: Bem, para sua mensagem ser lida, primeiro ela tem de chegar até as pessoas. Mas se a peça se resumir a uma única imagem com todo o conteúdo ela corre grandes riscos de ser bloqueada pelos filtros anti SPAM. Dessa forma, sua montagem deve ser elaborada em HTML, que integra partes que são puramente textuais, cujas pontuações são mais positivas junto aos mecanismos de segurança.

6. Faça o envio no horário mais propício: Analise outras ações de E-mail Marketing para descobrir em quais faixas de horários sua abertura e leitura são mais frequentes. Essa é uma maneira de ir conhecendo melhor o público e seus hábitos. Tais informações devem ser usadas ao seu favor, de maneira inteligente!

7. Leve em consideração os dispositivos móveis: Fontes pequenas, texto apertado e layout carregado, cheio de cores e imagens, além de gerarem um E-mail Marketing antiestético, fazem da peça inapropriada para quem irá conferi-la na estreita tela do celular, hoje um aparelho inseparável da vida do consumidor que, por conta disso, deve ser utilizado de maneira estratégica para estabelecer comunicação e desenvolver relacionamento.

8. Use sempre o mesmo remetente: Primeiramente, é muito importante identificar-se de maneira clara para que o destinatário entenda de onde vem o contato e tenha confiança de abrir a mensagem. Esse sentimento tende a aumentar ao longo do relacionamento da empresa com o consumidor, entretanto, é necessário que ela mantenha sua identificação. Além disso, os filtros de privacidade de e-mail, por padrão, bloqueiam os conteúdos externos (acessados por links) das mensagens daqueles remetentes entendidos como desconhecidos do contato, ou seja, quando o e-mail não está na lista de contatos ou remetentes confiáveis do destinatário.

Referências: E-mail Marketing com Resultado, Ignição Digital, CreativeBizz, Renda Lucrativa.

0
Categoria: Marketing Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *