O marketing e o “novo” comportamento do shopper masculino

comportamento-shopper-masculino

Homem odeia ir ao supermercado. Produtos for men só servem para metrossexuais. Eles gastam mais do que elas quando resolvem ir às compras. A participação da ala masculina na hora de decidir o que levar pra casa é simplesmente irrelevante.

Durante muito tempo esses pressupostos foram considerados verdades intocáveis. Por conta disso, também durante muito tempo, a atenção para o shopper masculino não ia muito além da área de bebidas e de churrasco no supermercado.

Bem, mas os tempos evoluíram e as composições familiares somadas à divisão das responsabilidades do lar também. Hoje já não são mais apenas as mulheres que levam os filhos pra escola, passam na padaria e vão ao supermercado. Atendendo a um ritmo de vida agitado e a novos modelos de emprego, os homens começaram a participar mais ativamente dessas atividades.

Contudo, certos mitos sobre o comportamento do shopper masculino ainda distorcem a visão sobre esse público, principalmente no Varejo.

Pesquisa “Homens às Compras”

homens-as-compras-pesquisa

Visando derrubar esses mitos e compreender melhor como os homens agem frente aos supermercados, a Toolbox realizou em fevereiro/março deste ano a pesquisa “Homens às Compras”.

As informações reveladas são essenciais para repensar a atenção dedicada ao público masculino, assim como para abrir os horizontes do Marketing no ponto de venda e identificar oportunidades de novos produtos e marcas voltados a esse segmento. Isso implica também em readequar os esforços em comunicação, utilizando técnicas diferenciadas para chamar a atenção do homem no Varejo.

De acordo com Rafael D’Andrea, Sócio-diretor da Toolbox:

“A pesquisa surgiu da tendência que existe em mercados mais desenvolvidos de segmentar produtos específicos para homens. Começamos a observar que já existem diversas categorias com produtos for men, mas a indústria tem lançado esses itens com pouco embasamento sobre o real comportamento de compras dos homens”.

Resultados do estudo

resultados-pesquisa-homens-compras

Seguem abaixo alguns resultados que ajudam a mudar a concepção sobre o “novo” shopper masculino e seu comportamento:

  • Hoje, quase 1/3 dos shoppers que vão ao menos uma vez ao mês ao supermercado é homem;
  • A maior parte não é solteiro: 66% deles são casados. Entre os solteiros, 58% moram com os pais, 29% moram sozinhos e apenas 13% com amigos;
  • Eles não odeiam ir ao mercado: Apenas 12% deles de fato afirmaram detestar a incumbência. Esse percentual é bem menor do que o verificado em outros países, como os Estados Unidos, onde 33% fogem das compras;
  • Eles também decidem: Mais do que apenas empurrar o carrinho, 70% deles têm grande influência na decisão de quais produtos e marcas levar pra casa;
  • Sim, eles são mais planejados: A característica de o shopper masculino ser mais planejado na hora da compra se confirmou. 83% dos homens adquirem apenas o que estava planejado;
  • Eles não ficam perdidos, nem deixam de pedir informação: Apenas 25% deles reconheceram ficarem perdidos no ponto de venda, e um percentual ainda menor, de 18%, afirmaram se sentirem desconfortáveis para solicitarem informações aos atendentes;
  • Produtos for men não são apenas para metrossexuais: 76% dos homens se revelaram adeptos deles;
  • A crença de que o homem gasta mais quando vai ao supermercado sozinho não se confirmou.

Sem dúvida alguma, essa realidade exige do Varejo adequações em sortimento, oferta e ambientação de loja, além de implementos no Marketing e na Comunicação, como foi sinalizado anteriormente.

Saiba mais sobre a pesquisa “Homens às Compras” no vídeo a seguir da TV Mundo do Marketing, com Rafael D’Andrea e Fernando Dantas, CEO e consultor da Toolbox Group:

Referência: Mundo do Marketing.

Categoria: Sem categoria

2 respostas a O marketing e o “novo” comportamento do shopper masculino

  1. Nadia Kessler disse:

    adorei.

  2. Ana Moreira disse:

    Para além de comentários aterrorizantemente machistas, é uma pesquisa bem interessante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *