6 maneiras de humanizar sua marca

dicas-humanizacao-marca Fonte: Comunicação & Tendências.

A humanização de marcas é a grande tendência para que as empresas voltem a estabelecer um contato produtivo com o consumidor e alimentar um relacionamento sólido, capaz de gerar credibilidade e engajamento.

Deixar de lado o posicionamento corporativista e a publicidade em seus moldes mais tradicionais pode ser encarado como o primeiro passo rumo à comunicação humanizada. Derrubar velhos jargões e investir no diálogo com o consumidor é essencial para que a empresa se mostre com mais naturalidade e alimente um perfil capaz de criar identificação.

Nestes tempos de internet e convergência midiática, interagir é preciso. Marcar presença nas redes de forma atualizada também! Confira a seguir outras dicas para que a sua marca siga o caminho da humanização no Marketing:

Como humanizar sua marca

marcas-share-of-heart Pense, acima de tudo, em construir relacionamentos duradouros e em gerar experiências que possam ser compartilhadas. O caminho do coração deve ser a trilha a seguir!

1. Conte histórias: Baseado em apelos emocionais, o Storytelling permite atingir o consumidor com uma narrativa envolvente, que desperta sentimentos e gera uma aproximação mais íntima. Independentemente do formato que assumirem, as histórias prendem a atenção e se fixam na mente do público de modo mais vívido. Ouvir, ler e compartilhar experiências, reais ou não, faz parte do desenvolvimento das culturas humanas e por isso produz efeitos tão marcantes.

2. Esteja presente nas Mídias Sociais: Ter contas em vários canais sociais não significa nada quando não se marca presença neles de forma constante. Hoje há inúmeras ferramentas que permitem estabelecer um contato regular com as pessoas por meio da internet. Porém, as marcas precisam ir além das “interações formais”, passando a responder comentários, disseminar conteúdos e prestar atendimento com maior frequência, agilidade e atenção. As pessoas esperam se relacionar com outros seres humanos e não com robôs com vozes corporativas que vêm do além!

3. Torne a equipe uma extensão da marca: Qual é a cara da sua empresa? Ou melhor, quais são as caras que a compõem? Os colaboradores são os primeiros a viverem os propósitos e o estilo da sua marca, por tanto, é interessante permitir que eles postem conteúdos sobre suas experiências e o dia a dia da organização, tornando a imagem da mesma mais transparente e orgânica. Isso mostrará que seu negócio é feito de gente que trabalha, sonha, luta e erra como qualquer outra pessoa. Entretanto, é fundamental ter um manual bem definido de como se comportar nas redes e se referir à empresa.

4. Crie personas: Quem é o seu público-alvo? Se fosse uma personagem, como ele seria? A definição da persona de uma empresa parte da missão de agregar e transformar as características daqueles a quem se pretende atingir em uma figura que pode ser um mascote, um “garoto-propaganda” ou qualquer outra forma de caracterização personificada. A utilização desse recurso pode servir apenas para direcionar as estratégias de Marketing, numa fase anterior à comunicação, ou mesmo para ser apresentada oficialmente ao mercado. De modo divertido, a persona ajuda a romper com o anonimato conceitual, agregando formas humanizadas à marca.

5. Deixe o produto ou serviço de lado: Seja no Facebook, no comercial de TV, no anúncio de revista ou em qualquer outro tipo de mídia, o segredo da humanização de marca é deixar um pouco o produto ou serviço em segundo plano, para dar luz a aspectos subjetivos que os envolvem. As histórias, como foi comentado no tópico 1, servem muito para esse propósito.

6. Promova eventos: Os eventos são excelentes ferramentas para reunir os consumidores e promover experiências únicas com a marca. Nessas ocasiões o contato é potencializado, construindo ou estreitando laços com base em uma troca útil.

Já havia pensado nessas possibilidades? Então, analise seu mercado e seu público-alvo para encontrar as soluções ideais para o seu processo de humanização no Marketing!

0
Categoria: Branding

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *