Cuidados necessários ao Marketing associado à Copa do Mundo 2014

cuidados-marketing-copa-mundo

Fonte: Goal.com.

Quer aproveitar a Copa do Mundo 2014 no Brasil para movimentar suas vendas? Que tal criar uma promoção? Que tal oferecer um brinde pela compra de determinados produtos?

Bem, qualquer que seja a ação envolvendo o Mundial, é preciso tomar muito cuidado. Visando assegurar a integridade de suas marcas e evitar associações indevidas, a Fifa registrou uma série de termos, símbolos, logotipos, emblemas, fonte de letra e até o mascote Fuleco junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi). Ao todo, são 1.116 marcas registradas pela federação no Brasil.

Desse modo, e de acordo com a Lei Geral da Copa, criada em 2012, nenhuma dessas marcas pode ser usada ou alterada sem autorização expressa da entidade, sobretudo quando envolver fins comerciais e publicitários.

A legislação prevê pena de detenção de 3 meses a 1 ano pela utilização indevida de direitos, seja por falsificação ou pelo chamado “marketing de emboscada”, que induz o consumidor a acreditar que determinado produto ou serviço é assinado ou endossado, no caso, pelos organizadores do evento, quando, na verdade, não é.

Cautelosa, a Fifa possui um departamento para cuidar exclusivamente da proteção de suas marcas, contando com advogados ao redor do mundo e escritórios especializados em propriedade intelectual. Além disso, tem representações em cada uma das 12 cidades-sede do Mundial.

Em 2010, por exemplo, foram identificados 450 casos de pirataria e violações de direitos no país. Mas agora a federação dispõe do compromisso do governo brasileiro para intensificar a luta contra a ilegalidade.

Polícia, autoridades aduaneiras e vários órgãos governamentais de controle e fiscalização prometeram aumentar o cerco e o Conselho Nacional de Combate à Pirataria e Delitos contra a Propriedade Intelectual (CNCP), ligado ao Ministério da Justiça, firmou um acordo de cooperação com as prefeituras das cidades que sediarão a Copa.

O que não pode ser usado (sem permissão da Fifa)

diretrizes-publicas-marcas-copa-mundo-2014

  • TERMOS COMO: Copa 2014 | Copa do Mundo | Mundial 2014 | Mundial de Futebol | Brasil 2014 | Copa do Mundo 2014 | Brasil 2014 | World Cup | World Cup 2014 | 2014 Fifa World Cup | Football World Cup | Soccer World Cup | Nomes das cidades-sede seguidas de “2014”, como “Rio 2014”.
  • ASSOCIAÇÕES COMO: Anúncios comerciais com alguma marca oficial, tais como emblema e termos apresentados acima | Promoções com ingressos para a Copa (exceto organizadas por um parceiro da Fifa) | Distribuição de tabelas de jogos do Mundial em associação com empresas não patrocinadoras do evento | Itens de merchandising e produtos contendo marca ou designações oficiais da Copa | URLs com nomes que incorporam marcas oficiais, no todo ou em parte.

Por hora ainda é o cartão amarelo que está levantado. Porém, daqui pra frente é preciso se policiar quanto às ações de Marketing a fim de não derrapar e tomar cartão vermelho bem no meio do jogo.

Veja AQUI na íntegra o documento com a lista das marcas oficiais da Copa e as devidas explicações de como elas não podem ser utilizadas.

Fontes: G1, Administradores.com, Mídia News.

0
Categoria: Outras Soluções em Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *