Firme e forte, comércio eletrônico deve crescer 24% em 2013

Em 2011 ele faturou R$ 18,7 bilhões. Em 2012, R$ 22,5 bilhões. Já em 2013, a expectativa é que o Comércio Eletrônico atinja a marca de R$ 28 bilhões, o que representa um aumento de 24% sobre o montante conquistado no ano passado.

Por que essa previsão?

Aumento do faturamento do comércio eletrônico

Segundo a e-bit, responsável pela informação:

“A tendência é que o ano apresente resultado melhor que 2012 em virtude da retomada do crescimento econômico e da aceleração das vendas de dispositivos móveis como tablets e smartphones”.

Sim, esses aparelhos já estão ajudando a alavancar as vendas online, meu amigo! Por isso, está na hora de preparar a sua Loja Virtual para funcionar bem nesse tipo de operação.

Desde 2012 o aumento no faturamento do E-commerce vem sendo impulsionado não só pelas compras via celular ou tablet, mas também pela maior confiança do consumidor em transações feitas pela internet.

Se por um lado fatores como esses têm beneficiado o setor, por outro eles também têm elevado os níveis de exigências com relação às empresas, que agora precisam lidar com um número ainda maior de pedidos e se profissionalizar cada vez mais para ganhar visibilidade com Marketing Digital e entregar serviços de excelência.

Uma coisa é certa: boas oportunidades de negócios no Comércio Eletrônico brasileiro são o que não faltam. E as micros e pequenas empresas não estão de fora! Elas também podem e devem aproveitar esse mercado que só tem crescido.

Saiba mais a seguir em uma entrevista do Bom Dia Minas com a analista da unidade de atendimento do Sebrae, Daniela Toccafondo:

0
Categoria: Comércio Eletrônico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *